Seguidores

quinta-feira, 24 de junho de 2010

Oppression

"É o efeito negativo experimentado por pessoas que são alvo do exercício cruel do poder numa sociedade ou grupo social. O termo deriva da idéia de ser "esmagado"."




"O Peso Da Opressão"
(Paulo Zerbato/2010)


"The Weight Of Oppression"
(Paulo Zerbato/2010)


Ação ou efeito de oprimir; estado do que se encontra oprimido.
Sensação de sufocação; dificuldade de respirar.
Jugo; tirania; ação de fazer violência por abuso de autoridade.
Humilhação.


"Isto Está Fora da Razão"
(Paulo Zetbato/2010)


"Isto Está Fora da Razão"
(Paulo Zerbato/2010)


"This Is Out Of Reason"
(Paulo Zerbato/2010)


"This Is Out Of Reason"
(Paulo Zerbato/2010)


"Mas a verdade é que não só nos países autocráticos como naqueles supostamente livres - como a Inglaterra, a América, a França e outros - as leis não foram feitas para atender à vontade da maioria, mas sim à vontade daqueles que detêm o poder."

(Leon Tolstói)


"Oppression"
(Paulo Zerbato/2009)


Não será preferível corrigir, recuperar, e educar um ser humano que cortar-lhe a cabeça?

(Fedor Dostoievski)


"Oppression"
(Paulo Zerbato/2009)


"Oppression"
(Paulo Zerbato/2009)



"Oppression"
(Paulo Zerbato/2009)


"A tirania é um hábito com a propriedade de se desenvolver e dilatar a ponto de tornar-se doença."

(Fedor Dostoievski)

quinta-feira, 17 de junho de 2010

Filosofar

"Se queres prever o futuro, estuda o passado."

(Confucio)


"Filosofar"
(Paulo Zerbato/2010)



"A felicidade é para quem se basta a si próprio."

(Aristóteles)
 
 
 
 
"Filosofar"
(Paulo Zerbato/2010)


"Você pode descobrir mais sobre uma pessoa em uma hora de brincadeira do que em um ano de conversa."

(Platão)




"Filosofar"
(Paulo Zerbato/2010)


"Sem uma língua comum não se podem concluir os negócios."

(Confúcio)
 
 
 

"Filosofar"
(Paulo Zerbato/2010)



"Ensino que a vida jamais deveria ser modificada ou esmagada devido à promessa de outro tipo de vida futura. O imortal é esta vida, este momento."

(Friedrich Nietzsche)



"Torna-te aquilo que és.(Friedrich Nietzsche)"
(Paulo Zerbato/2010)

 


"Aprender sem pensar é tempo perdido."

(Confúcio)
 
 
 
 
"Torna-te aquilo que és.(Friedrich Nietzsche)"
(Paulo Zerbato/2010)




"Apressa-te a viver bem e pensa que cada dia é, por si só, uma vida."

(Séneca)






"Torna-te aquilo que és.(Friedrich Nietzsche)"
(Paulo Zerbato/2010)


"A felicidade não se encontra nos bens exteriores."

(Aristóteles)
 
 

"Temos a arte para não morrer da verdade.(Friedrich Nietzsche)"
(Paulo Zerbato/2010)



"O sábio nunca diz tudo o que pensa, mas pensa sempre tudo o que diz."

(Aristóteles)



"Temos a arte para não morrer da verdade.(Friedrich Nietzsche)"
(Paulo Zerbato/2010)


"Quanto mais nos elevamos, menores parecemos aos olhos daqueles que não sabem voar."

(Friedrich Nietzsche)

sábado, 12 de junho de 2010

Ir além de ideias enraizadas, de conceitos e opiniões pré-estabelecidos


"Roots"
(Paulo Zerbato) - Mixed Media - 2010



enraízo enraízas enraíza enraizamos enraizais enraízam
enraizava enraizavas enraizava enraizávamos enraizáveis enraizavam
enraizei enraizaste enraizou enraizamos enraizastes enraizaram
enraizara enraizaras enraizara enraizáramos enraizáreis enraizaram
enraizarei enraizarás enraizará enraizaremos enraizareis enraizarão
enraizaria enraizarias enraizaria enraizaríamos enraizaríeis enraizariam
enraíze enraízes enraíze enraizemos enraizeis enraízem
enraizasse enraizasses enraizasse enraizássemos enraizásseis enraizassem
enraizar enraizares enraizar enraizarmos enraizardes enraizarem
enraizar enraizares enraizar enraizarmos enraizardes enraizarem
tenho enraizado tens enraizado tem enraizado temos enraizado tendes enraizado têm enraizado
tinha enraizado tinhas enraizado tinha enraizado tínhamos enraizado tínheis enraizado tinham enraizado
terei enraizado terás enraizado terá enraizado teremos enraizado tereis enraizado terão enraizado
teria enraizado terias enraizado teria enraizado teríamos enraizado teríeis enraizado teriam enraizado
tenha enraizado tenhas enraizado tenha enraizado tenhamos enraizado tenhais enraizado tenham enraizado
tivesse enraizado tivesses enraizado tivesse enraizado tivéssemos enraizado tivésseis enraizado tivessem enraizado
tiver enraizado tiveres enraizado tiver enraizado tivermos enraizado tiverdes enraizado tiverem enraizado
ter enraizado teres enraizado ter enraizado termos enraizado terdes enraizado terem enraizado
enraíza enraíze enraizemos enraizai enraízem IDEIAS, HÁBITOS, CRENÇAS, COSTUMES, OPINIÕES, ...



"Raízes"
(Paulo Zerbato) - Mixed Media - 2010


Pré-estabelecidos - pré-conceitos - preconcebido - enraizadas - tradições - desconhecimento pejorativo -
generalização superficial - superficialidade - não conhecimento - empatia - arraigado - crônico - habitual - inveterado - entranhado - estabelecer-se em algum lugar - com o ânimo de permanecer - etc...




"Roots"
(Paulo Zerbato) - Mixed Media - 2010




Os jovens se decepcionam e se desiludem quando descobrem que o que lhes foi ensinado e lhes foi exigido oculta a realidade, reprime sua liberdade, diminui sua capacidade de compreensão e de ação. Os adultos se desiludem ou se decepcionam quando enfrentam situações para as quais o saber adquirido, as opiniões estabelecidas e as crenças enraizadas em suas consciências não são suficientes para que compreendam o que se passa nem para que possam agir ou fazer alguma coisa.

(Marilena Chauí)




"Esculturas da Natureza"
(Paulo Zerbato) - Mixed Media - 2010



"A vida não admite transições rápidas. A mudança se faz lentamente; levamos anos para modificar-nos mentalmente, mas, se criarmos idéias positivas, se formos todos os dias, lentamente, batendo, repetindo, vamos gravando até que fique completamente fixa no consciente (e a razão de Coué aconselhar que se repita continuamente uma frase, é porque à força de repeti-la a vamos gravando no consciente, lentamente), até que um dia o consciente fique cheio de idéias positivas.
Contudo, a dificuldade que tenho encontrado reside nas velhas idéias enraizadas. Cada um de nós tem velhas idéias, velhas crenças que nos foram doadas desde crianças e das quais não temos força nem coragem para nos livrar. Por exemplo: um velho fazendeiro dispõe em sua fazenda de velhíssima mata e quer derrubá-la para semear trigo. Quando vai derrubar a mata para fazer a sementeira, aparece-lhe o filho e diz: "Olhe, aquela árvore; não a corte, papai; é tão bonita; à sua sombra, eu brincava sempre". Chega outro filho e diz: "Aquela trepadeira é tão bonita; não deve cortá-la". "Aquela árvore tem um passado vivo; respeite aquela árvore". Assim, o fazendeiro corta aqui um pouco, ali outro pouco, além mais um pouco, e no fim irá plantar à sombra daquela árvore, para não a prejudicar e terminará não tendo colheita. Agora chega outro lavrador e diz:
• "Derrube tudo".
• "Mas aquela árvore tem um passado", respondem-lhe.
• "Derrube-a com passado e tudo", retruca ele.
• "Eu brincava à sombra daquela outra árvore; derrubando-a perde-se a sombra", obtemperam-lhe.
• "Derrube também aquela árvore", prossegue ele; "preciso semear e colher trigo".
Assim temos que fazer. Rompermos com velhas religiões, com velhos preconceitos, com velhos hábitos, para criar e manter hábitos novos. Não é rapidamente que se faz tal modificação; é lentamente, é através de um esforço contínuo que nós o conseguimos."



domingo, 6 de junho de 2010

A "Prisão" que nos faz esquecer do que realmente SOMOS

O homem mortal, que é posto no mundo – mundo presentemente enquanto coelum et terra – e que o deve deixar, faz do mundo, a ele se prendendo, um objecto condenado a desaparecer na morte. A identificação específica entre terrestre e mortal só é possível quando o mundo é considerado a partir do homem, aquele que vai morrer (moriturus). A partir da conscientização e retorno ao verdadeiro desejo (a alma), o ser humano inicia um novo caminho que lhe fornece um grande desafio, o de ir além do objeto, enxergar-se por um viés que lhe permite viver no mundo e, ao mesmo tempo, não perder de vista a perspectiva da vida feliz. Viver no mundo e nele não se aprisionar é o mesmo que buscar o equilíbrio sem se deixar conduzir pelos excessos e tampouco pela carência. O retorno à alma é o objetivo para se alcançar a vida feliz, porém este retorno só será possível quando o relacionamento não for aprisionado por alguma das partes. A prisão da qual falamos é aquela que faz o sujeito se esquecer do que é e que o conduz a viver distante de si, preso somente nos relacionamentos efêmeros que não
lhe adicionam benefícios, fazendo-o perder-se definitivamente no mundo e em si mesmo.

(HANNAH ARENDT) 





"A Prisão"


Aquele que conhece todo o resto, sem ser ele mesmo conhecido, é o sujeito. Por conseguinte, o sujeito é o substratum do mundo, a condição invariável, sempre subentendida de todo fenômeno, de todo objeto, visto que tudo o que existe, existe apenas para o sujeito. Tendo a alma alcançado o que sempre buscou, a liberdade de não estar aprisionada ao objeto, mas de ser o que ela é, lança, assim, o sujeito a ver o mundo e a viver nele como ser que faz parte dele e não como um escravo. 
"Tudo o que existe, existe para o sujeito”.
Não teria finalidade o mundo, não teria sentido a vida humana, se esta fosse aprisionada até o seu entardecer, mas ao tornar-se livre desse mundo contemplando-o como lugar da revelação, onde o ser se conhece e conhece as coisas que fazem parte dele, e em harmonia vivenciar as virtudes existentes na alma, o caminho para a vida feliz se abre e a realização do ser humano acontece.

(ARTHUR SCHOPENHAUER)



"The Prison"




“Encontrei muitos que gostam de enganar, mas ninguém que quisesse ser enganado. Onde, então, conheceram a felicidade, senão onde conheceram a verdade? Visto que não querem ser enganados, também amam a verdade, e desde que amam a felicidade, que nada mais é que alegria proveniente da verdade, certamente também amam a verdade; e não a amariam se não retivessem dela, na sua memória, alguma noção. Por que, então, não se alegram com ela? Por que não são felizes? Porque se empolgam demais com outras coisas, que as tornam mais infelizes do que a verdade, de que se recordam fracamente, e que os faria felizes.”

(SANTO AGOSTINHO)



"O Medo de Perder"


Do querer possuir e do querer manter o desejo nasce o medo da perda. No instante em que é possuído, o desejo transforma-se em medo. Assim como o desejo deseja o bem, o medo receia o mal. O mal, que afasta o medo, ameaça à vida feliz que consiste em possuir o bem. Enquanto o homem deseja as coisas temporais (res temporales), expõe-se continuamente a esta ameaça, e ao desejo de possuir correspondente incessantemente o medo de perder.

(HANNAH ARENDT)




"The Fear of Losing"



A contemporaneidade nos suscita a pensar a força do tempo. O ritmo vertiginoso dos grandes centros urbanos, o processo de virtualização com os computadores e as redes digitais, a incessante oferta de imagens na mídia (atuando na produção dos desejos), são apenas algumas das mutações em curso que caracterizam a implosão do espaço-tempo. Até que ponto estamos acompanhando essa aceleração, nos adaptando, agilizando nosso pensamento? Quais são os sintomas que essa cultura produz em nossa subjetividade?. Verifica-se as marcas da carência, da angústia provocada pela desterritorialização, da melancolia. Já, no século passado, ao tentar compreender a depressão, Freud (1895) postulou uma relação entre perda objetal e a melancolia. Ele sugeriu que a raiva do paciente deprimido é dirigida para seu íntimo, em razão de identificação com o objeto perdido.

(BIRMAN)


quinta-feira, 3 de junho de 2010

Sorrindo Para O Futuro

Ei! Sorria... Mas não se esconda atrás desse sorriso...
Mostre aquilo que você é, sem medo.
Existem pessoas que sonham com o seu sorriso, assim como eu.
Viva! Tente! A vida não passa de uma tentativa.
Ei! Ame acima de tudo, ame a tudo e a todos.
Não feche os olhos para a sujeira do mundo, não ignore a fome!
Esqueça a bomba, mas antes, faça algo para combatê-la, mesmo que se sinta incapaz.
Procure o que há de bom em tudo e em todos.
Não faça dos defeitos uma distancia, e sim, uma aproximação.
Aceite! A vida, as pessoas, faça delas a sua razão de viver.
Entenda! Entenda as pessoas que pensam diferente de você, não as reprove.
Ei! Olhe... Olhe a sua volta, quantos amigos...
Você já tornou alguém feliz hoje?
Ou fez alguém sofrer com o seu egoísmo?
Ei! Não corra. Para que tanta pressa? Corra apenas para dentro de você.
Sonhe! Mas não prejudique ninguém e não transforme seu sonho em fuga.
Acredite! Espere! Sempre haverá uma saída, sempre brilhará uma estrela.
Chore! Lute! Faça aquilo que gosta, sinta o que há dentro de você.
Ei! Ouça... Escute o que as outras pessoas têm a dizer, é importante.
Suba... faça dos obstáculos degraus para aquilo que você acha supremo,
Mas não esqueça daqueles que não conseguem subir a escada da vida.
Ei! Descubra! Descubra aquilo que há de bom dentro de você.
Procure acima de tudo ser gente, eu também vou tentar.
Ei! Você... não vá embora.
Eu preciso dizer-lhe que... te adoro, simplesmente porque você existe.

Charles Chaplin



"Sorrindo para o Futuro"



"Smiling for the Future"



"Reentrâncias"

Pensamos demasiadamente
Sentimos muito pouco
Necessitamos mais de humildade
Que de máquinas.
Mais de bondade e ternura
Que de inteligência.
Sem isso,
A vida se tornará violenta e
Tudo se perderá.

(Charles Chaplin)



"Reentrâncias"




"Recesses"






Related Posts with Thumbnails